UM ROMANCE NA PRAIA DE IPANEMA

 

Gilda Marinho Fonte: Porto, Juarez

Gilda Marinho
                                                            Fonte: Porto, Juarez

Mulher exuberante, sensual e inteligente, Gilda Marinho marcou época nas primeiras décadas do século passado em Porto Alegre. Acostumada, ainda em sua terra natal (Pelotas), a desafiar costumes provincianos, Gilda foi logo notada pela sociedade gaúcha pela sua irreverência. Amada pelos homens, mas vista com maus olhos pelas esposas, as quais temiam por seus casamentos, Gilda Marinho era uma mulher de inúmeras faces. Na carreira destacou-se como jornalista, pianista, cronista, bibliotecária e vendedora de seguros. Na política era simpatizante do comunismo. Entre as muitas histórias sobre Gilda, uma se destaca: o envolvimento amoroso com homens ilustres e casados. Na década de 1930 teria tido um romance com o interventor Flores de Cunha, vinte anos mais velho do que ela. O cenário: o Balneário Ipanema, na Zona Sul de Porto Alegre. Mais

Anúncios