Saraus Musicais EMEF Vila Monte Cristo: 10 anos de (r)existência

Deixe um comentário

Alunos da escola EMEF Vila Monte Cristo em evento musical no Teatro Renascença. Fonte: Charles Lorenzini

Prática cultural bastante comum no século dezenove, o sarau acontecia no interior das  residências, locais onde as pessoas se encontravam para se expressar artisticamente e desenvolver suas sociabilidades. No Brasil, esse costume veio junto com a Família Real (1808), portanto, uma tradição importada da Europa. O sarau era o evento mais elegante da sociedade e costumava reunir a corte e seus amigos aristocratas. Os encontros aconteciam à tardinha ou no início da noite, e eram marcados por concertos musicais, cantos e apresentações literárias. Atualmente, algumas escolas e faculdades remontam a musicalidade desse período da história brasileira, promovendo saraus,  cujo objetivo é estimular o desenvolvimento cultural de seus alunos e professores. Na EMEF Vila Monte Cristo, escola localizada na Zona Sul de Porto Alegre, o evento, organizado pelos professores de música Caroline Ponso e Douglas Benzi  trouxe parte dessa tradição cultural do passado. Leia abaixo artigo sobre esse encontro musical, escrito pela professora Caroline e publicado Sul21.  Mais

Anúncios

Os ingleses mostram o “foot-ball” para os guris da Tristeza, Zona Sul de Porto Alegre

Deixe um comentário

Edgar Booth, descendente de ingleses, foi o primeiro a apresentar as regras do “foot-ball” aos “guris” do longínquo arrabalde da Tristeza naqueles idos de 1900. Filho do Comandante Charles Edward Booth, egresso da Marinha Mercante Inglesa e de Jenny Adelina Booth, também imigrante, Edgar e sua família residiam em uma chácara a beira do Guaíba – região de veraneio de famílias de boa situação financeira.

Família Booth (Edgar ao centro)/Chácara na Tristeza/1900

Mais